CONAMA INICIA O ANO

Entre os dias 13 e 15 de março, foram sete reuniões em que a MIRA-SERRA esteve presente.

No dia 14  março, as ONGs estiveram reunidas para várias reuniões na agenda da Comissão Permanente do Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CP CNEA), entre elas,  a de definição da composição das Câmaras Técnicas no novo biênio (Distribuição CTs e CIPAM).

 

A MIRA-SERRA foi eleita para a primeira vaga (das duas disponíveis à sociedade civil) na Câmara Técnica de Biodiversidade (CT Bio) – única que a entidade pleiteou. Na gestão passada, a MIRA-SERRA foi vice-presidente  desta CT, tendo o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade ocupado a presidência.

 

Outro momento, foi a vinda do Ministro de Meio Ambiente, José Sarney Filho, para um diálogo com as ONGs eleitas para o CONAMA.

 

 

Na plenária, a MIRA-SERRA pediu, mais uma vez, pela implementação do Fundo Nacional da Mata Atlântica e para que os conselheiros participem na campanha contra a extinção da Fundação Zoobotânica do RS.

Na sequência, foi defensora de emendas (como parecerista em pedido de vista) sobre licenciamento ambiental de empreendimentos ferroviários de baixo impacto ambiental e a regularização dos empreendimentos em operação. Na reunião de pareceristas( conselheiros que enviaram contribuições após pedido de vista do processo, em plenária), a MIRA-SERRA obteve apoio dos demais, em vários artigos. Outros, de dissenso, lamentavelmente não foram aprovados nem no plenário. Cabe destacar, que a ONG solicitou sugestões às entidades do CNEA, que foram agregadas ao parecer discutido.  (ver mais em http://www.mma.gov.br/port/conama/)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *