ENCAMINHADA REPRESENTAÇÃO AO MPF

Protocolada Representação no Ministério Público Federal, para Dra. Fátima Borghio, referente ao ocorrido por ocasião da 59ª Reunião Extraordinária do Conama, com pedido de providências.

A representação é assinada por 26 instituições representativas da Sociedade Civil Brasileira. Retrata também a preocupação sobre a integridade do Conama, conforme está expresso na Manifestação protocolada no Conama e assinada por 175 organizações da sociedade civil de todo o país.

A representação foi articulada pelo PROAM – Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental, eleito como representante na vaga nacional das Entidades Ambientalistas no Conama.

Uma Mocão em Repúdio, também, foi emitida.

Para a presidente do Instituto MIRA-SERRA, biól. Lisiane Becker, “O que ocorreu no Conama não encontra precedentes na instância máxima da política pública ambiental brasileira. Jamais se presenciou tamanho constrangimento incluindo agressões físicas aos conselheiros. O ordenamento consensuado das plenárias foi rasgado nesta reunião e faremos tudo para que este deplorável episódio seja um fato isolado na história do CONAMA!

Até a última reunião do Conama, em 2018, os conselheiros podiam escolher onde se sentar (foto ao lado). E, até isto, em 2019 não foi facultado aos conselheiros (foto abaixo).

Aliás, os conselheiros suplentes, nem mesmo, direito à voz tiveram – apartados do auditório com segurança armada em frente à porta.