CERBMA-RS COM PAUTA DENSA

A pauta da reunião do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (CERBMA-RS) esteve com pauta densa e relevante.

Abrindo as discussões, o Laboratório de Geoprocessamento do Centro de Ecologia/UFRGS apresentou o “MapBiomas” – objetivos,
estrutura, dados existentes na referida plataforma. Muito aguardado pelos conselheiros, causou certa frustração, destacada pela MIRA-SERRA: o formidável trabalho não considerou o mapa de aplicação da Lei Federal da Mata Atlântica! Como encaminhamento,
o CERBMA-RS enviará solicitação para sanar esta lacuna.

O ponto de pauta seguinte, mostrou exatamente a falta que faz um mapeamento incluindo a legislação do bioma. Em “Licenciamento Ambiental do Projeto da Mina Guaíba e sua relação com a Reserva
da Biosfera da Mata Atlântica”

houve relato do acompanhamento feito pelo MPE, pela Promotora Ana Maria Moreira Marchesan. A promotora apontou que há necessidade de caracterizar como Mata Atlântica/ecossistemas, os
fragmentos somente citados em nota explicativa no
mapa IBGE 2008. Foram muitas as contribuições dos
presentes, principalmente das representantes da PUCRS e da MIRA-SERRA, para subsidiar o trabalho do MPE. Ficou deliberado que o CERBMA-RS fará um esforço em encaminhar material dos conselheiros à promotora. Como terceiro item da reunião, a Eng. Florestal Clarice Glufke/FEPAM explanou sobre o Licenciamento ambiental do sistema Integrado de Abastecimento de Água da Serra cuja adutora
passa por um pequeno trecho de Zona Núcleo. Bastante discutível, o tema será apreciado após o CERBMA-RS receber mais detalhes sobre a obra. 

Após, o Eng. Florestal Cristiano Horbach Prass/FEPAM, apresentou situação sobre Licenciamento ambiental de Silvicultura sobre Zona
Núcleo. Com este caso,  Pelo avançado no horário, os demais assuntos 

Disponível em
https://www.facebook.com/401044756576352/posts/2735768573103947/