NOTA sobre MORTE NA ORLA

Sobre o que tem ocorrido na orla do Guaíba, agora, com um caso amplamente divulgado no Correio do Povo*, o Instituto MIRA-SERRA publica (20/6) a nota abaixo, ao mesmo tempo em que repudia ações criminosas contra a biodiversidade:

Áreas naturais não são lugares adequados para atividades com concentração humana. Eventos destas dimensões, em áreas naturais, sempre causarão impacto à fauna – em maior ou menor escala.

Animais com postura de ovos em solo nestes espaços, como quelônios (no caso) e Quero-queros (Vanelllus chilensis), requerem maior atenção da população, tanto para a integridade dos ninhos, quanto aos adultos em deslocamento/guarda. A publicidade e/ou isolamento dos animais (e de seus ninhos) deve ser avaliada antes, por meio de estudo técnico.

O ideal é realizar estas atividades, que concentram grande público , em locais pavimentados que não são atrativos para a fauna.

O ser humano quer estar junto à natureza suprimindo seus habitantes naturais?

COMPLEMENTAÇÃO (21/6):
Após o trágico episódio, o “Poa Drive-in Show” no próximo sábado, dia 27,  foi transferido para outro local.
PARABÉNS à comunidade e aos idealizadores do evento!