MIRA-SERRA FIRMA OUTRO TERMO DE COOPERAÇÃO PELA MATA ATLÂNTICA

O Instituto MIRA-SERRA firmou novo Termo de Cooperação, além do novo estabelecido como o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Caí e Promotoria Regional . Trata-se do Núcleo “Educação Ambiental” do Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica MIRA-SERRA.

O que são Postos Avançados (P.A.) ? são verdadeiras “Vitrines” da Reserva da Biosfera e demonstram
na prática a implementação dos princípios do Programa MAB da UNESCO. Para um local
(Áreas Protegidas, Centros de Pesquisa, Núcleos de Educação Ambiental e outros) ser
reconhecido como P.A. da RBMA é necessário que ali se desenvolvam pelo menos duas das três funções de uma Reserva da Biosfera: conservação, desenvolvimento sustentável e conhecimento tradicional e científico.
O título é concedido pelo Conselho Nacional da RBMA, com validade de quatro anos, renováveis por tempo
indeterminado mediante processo bastante rigoroso. 

O Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica MIRA-SERRA foi reconhecido em 2005, com sede na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN ) Mira-Serra, na encosta do planalto (vale do Rio Padilha) em São Francisco de Paula/RS.

São 17ha destinados para usufruto da biodiversidade (conservação) e para pesquisa (conhecimento científico e tradicional) nesta Unidade de Conservação, do sistema federal.

Aliás, os esforços do Instituto MIRA-SERRA (mantenedor) e da RPPN Mira-Serra (propriedade do Arq. Rogério Mongelos) resultaram na criação da Zona Núcleo da RBMA, cuja poligonal consta nos mapas de áreas protegidas (pág. 11 ).

Zona Núcleo no Vale do Rio Padilha, em São Francisco de Paula/RS, é resultado do trabalho do PARBMA MIRA-SERRA, reconhecido internacionalmente.

O PARBMA MIRA-SERRA e outros 68 P.A. formam uma Rede abrangendo em 14 Estados.
Os Postos Avançados consolidam a implementação do programa MAB*/UNESCO em seu território, juntamente com os Comitês e Sub-Comitês Estaduais e seus projetos em campo. (*traduzindo da sigla em inglês: Homem e Biosfera).

PARBMA integrou publicação, inclusive com destaque na capa (imagem da vegetação, abaixo e à direita). O organizador, Afranio Farias de Menezes, vítima da COVID-19, recebeu homenagem no Bosque da Memória MIRA-SERRA, localizado em Ivorá/RS.

Neste contexto, o PARBMA MIRA-SERRA tem buscado um espaço mais acessível para ações de educação ambiental, que o desenvolvimento sustentável. Eis que, há uns dois anos atrás, o Instituto MIRA-SERRA soube da existência do Terra do Sempre Reserva Ecológica e Pousada , na localidade de Roça Nova no vale do Rio Rolantinho de Areia (São Francisco de Paula/RS). Porém, foi neste dia 20 de maio de 2022, que uma parceria se concretizou para que a terceira função do PARBMA fosse!

O evento foi direcionado para poucos convidados e, apesar da previsão de chuva intensa e o período alusivo ao meio ambiente, somente três não compareceram!

No Terra do Sempre, assim como na RPPN Mira-Serra, os remanescentes de floresta praticamente intocada nos levam à uma viagem ao passado, centenas de anos, como aquelas árvores que presenciaram tantos danos à sua integridade. Certamente, se trata de uma experiência de imersão e reverência à natureza

Surpreendentemente o dia foi uma exceção nos dias chuvosos e, até um Beija-flor (possivelmente o Beija-flor-de-fronte-violeta/Thalurania glaucopis) surgiu, enquanto eram instalados os banners com trabalhos de pesquisa (realizados no município, pelo PARBMA MIRA-SERRA). Interessante o fato do Beija-flor representar a alegria, estando relacionado com retorno dos animais exterminados pelo homem branco (afugentamento do “caçador”). “Pode proporcionar a cura do contraditório mistério da dualidade que dilacera o ser humano.”

A implantação do Núcleo Educação Ambiental (NUCEA) do PARBMA MIRA-SERRA, após recepção, iniciou com uma palestra realizada pela coordenadora-presidente do Instituto MIRA-SERRA, bióloga Lisiane Becker (http://lattes.cnpq.br/1506074847681940). Foram abordadas as bases da RBMA, a particiação em colegiados e coletivos ambientais, o histórico de 21 anos de atuação do Instituto MIRA-SERRA e o da RPPN (criada em 1997) e os objetivos do NUCEA/ PARBMA MIRA-SERRA.

O NUCEA/PARBMA MIRA-SERRA já conta com alguns títulos de CDs, DVDs, publicações impressas, folders, banners com dados de pesquisa do PARBMA MIRA-SERRA no município, além de equipamentos. Atividades específicas, com grupos, serão realizadas sob agendamento, a partir de julho.

Banner contendo a essência do Instituto MIRA-SERRA (antigo “Projeto MIRA-SERRA), resultado do curso de capacitação em São Paulo para o qual a entidade foi selecionada.

Mais de uma década passada, é possível constatar que, com o NUCEA/PARBMA MIRA, uma ONG cumpre sua missão e vivencia o seu “futuro” em cooperação com a Terra do Semper.

Instituto MIRA-SERRA e Terra do Sem Entregaram publicações (sobre as áreas prioritárias para conservação e as de risco/APPs) como uma cortesia aos representantes do Comando Ambiental da Brigada Militar. Na oportunidade, o NUCEA está disposto à disposição, além da RPPNIRA-SERRA – cuja área está em estudo para servir aos treinamentos do CABM.

Um brinde ao NUCEA/PARBMA MIRA-SERRA!
Seja com champanhe, refrigerante ou água mineral

Encerramento da atividade, fechando a Semana da Mata Atlântica, ao anoitecer com chuva fraca. Perfeito!